Páginas

terça-feira, 20 de julho de 2010

Literatura leve de férias: O Garoto no Convés

O autor irlandês John Boyne ficou conhecido no Brasil e no mundo pelo comovente livro O menino do pijama listrado, que inclusive já falei dele aqui no blog. Desta vez vou falar do seu segundo livro editado no país, e que merece tanto destaque quanto o primeiro: O Garoto no Convés.

Como fez em O menino do pijama listrado, Boyne contou uma história real através do ponto de vista de uma pessoa participa de acontecimentos importantes mas não entende muito bem o que se passa a seu redor. Além disso, o autor usa uma linguagem linear, simples e ágil,que contagia tanto adultos quanto adolescentes. Demorei um pouco para abrir as páginas mas agora estou naquela situação em que não consigo mais fechar o livro.

O personagem principal é um adolescente órfão de 14 anos, John Jacob Turnstile, que vivia nas ruas da Inglaterra de 1788, praticando pequenos furtos para sobreviver. Ao roubar o relógio de um fidalgo, vai preso. Mas o mesmo se compadece e o tira da prisão e o coloca a bordo de um navio para trabalhar.

Este navio é o HMS Bounty, que em abril de 1789, sofreu uma rebelião dos tripulantes. Semanas após concluir no Thaiti uma missão de coletar mudas de fruta-pão para alimentar os escravos nas colônias inglesas, o capitão do navio de guerra foi trapaceado pelos seus tripulantes, em uma revolta que ficou conhecida na Europa. O capitão William Bligh foi deixado em um bote em alto-mar junto com os marinheiros ainda fiéis a seu comando.
Sem comida , o grupo enfrentou 48 dias em alto mar até alcançar a costa do Timor.

Jonh participa desta aventura e acompanha cada detalhe, e relata tudo em primeira pessoa. É um personagem carismático, humano e a cada capítulo em que ele aprende uma lição da vida, nós aprendemos com ele. Uma lição de dever, disciplina, aprendizado e companheirismo. Apaixonante!

O autor irá lançar um livro na Bienal do Livro de SP, até onde sei a história dessa vez se passa entre os czares da Rússia. Já estou contando os dias.

O livro foi editado no Brasil pela Companhia das Letras, tem 496 páginas e custa em média R$ 30 a R$ 45.

5 comentários:

.Ni. disse...

Oi Jéssica!!!
Gostei do blog!!! Já li "o menino do pijama listrado" e amei. Esse já está na minha lista p/ ler. E com uma resenha é mais um estímulo!!! =)
bjimmm
valeu pela visita lá no "Fazparte-ni"

Lis disse...

Nossa, gostei bastante dos seus comentários sobre o livro!
Eu assisti ao filme O Menino do Pijama Listrado e adorei, mas acabei não comprando o livro pra ler...
Mas agora achei interessante e quem sabe não compro os dois e leio de uma vez, né? XD

Parabéns pelo blog!
Beijos

Clodoveu Júnior disse...

Humm..
eh meio que drama...
adoro livro assim tbm...
jah tinha ouvido falar no livro, mas pra te falar vrdade acho q o julguei pela capa...
pelo visto pequei neh...
hehehe
To louco para lelo agora!!!

bjss

Jéssica Amorim disse...

Pois é, também julguei esse livro pela capa, mas me deu uns 5 minutos e resolvi arriscar. Valeu a pena.
Beijos

Maria Ienke disse...

Parabéns pelo blog! Gostei muito, continue assim!
Vou acompanhar sempre!
Beijo :*